sábado, 31 de outubro de 2009

Cerimónia Oficial do Hastear da Bandeira Verde

“Bandeira Verde” para duas escolas

A Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-Escolar de Santa Cruz foi uma das duas escolas que ontem hastearam a sua “Bandeira Verde”.
Segundo o vereador Emanuel Gouveia, que ontem acompanhou o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, José Alberto Gonçalves, na cerimónia de entrega e hastear da bandeira, esta acção ambiental ganha uma maior importância por estar a acontecer junto de uma comunidade jovem que, desta forma, ganha desde cedo bons hábitos em relação à preservação do meio ambiente.
«Ao fomentarmos a educação ambiental nas escolas estamos a trabalhar e a sensibilizar toda a comunidade», frisou o responsável, acrescentando que esse objectivo tem sido conseguido de tal forma que, «neste momento, estamos com uma adesão que engloba grande parte das escolas do concelho».
Um projecto ambiental que a autarquia pretende dar continuidade no sentido de promover cada vez mais estas acções que envolvem os processos de candidatura da Bandeira Verde.
De salientar que a Câmara Municipal de Santa Cruz vai entregar um conjunto total de seis “bandeiras verdes”, sendo que ontem foram entregues duas, uma em Santa Cruz e outra Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-Escolar da Vargem, no Caniço.
As restantes bandeiras vão ser entregues, em dias a confirmar, às escolas básicas do 1.º ciclo com pré-escolar da Assomada, Terça de Cima, Clemente Tavares e do Caniço.

Fonte: Jornal da Madeira - Edição de 31/10/2009

Cerimónia do Haster da Bandeira Verde


Santa Cruz hasteia hoje duas bandeiras verdes

O Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz estará hoje pelas 14h15 na Escola Básica do 1º Ciclo com pré-escolar de Santa Cruz e pelas 15h15 na Escola Básica do 1º. Ciclo com pré-escolar da Vargem, Caniço, para a cerimónia do hastear da “Bandeira Verde”.
Idêntica cerimónia decorrerá nas restantes escolas premiadas com este galardão, nomeadamente a Escola Básica do 1º. Ciclo com pré-escolar da Assomada, a Escola Básica do 1º. Ciclo com pré-escolar da Terça de Cima, Escola Básica do 1º. Ciclo com pré-escolar dr. Clemente Tavares, a Escola 2+3 do Caniço. As datas destas cerimónias ainda estão por definir.
A Bandeira Verde consiste no galardão atribuído às escolas que se candidataram e implementaram os sete passos definidos na metodologia de uma Eco-Escola. São estes os passos: 1.º conselho eco-escolas; 2.º auditoria ambiental; 3.º plano de acção; 4.º monitorização/avaliação; 5.º trabalho curricular; 6.º divulgação à comunidade e; 7.º eco-código.
Seguindo uma metodologia constituída por estes passos, são abordados os temas base: água, resíduos, energia e ainda, complementarmente: biodiversidade, agricultura biológica, espaços exteriores, ruído, transporte.
Fonte Jornal da Madeira: Edição de 30/10/2009

As nossas quadras sobre o Pão - por - Deus


As nossas quadras sobre o Pão - por - Deus

Chegou o Pão - por - Deus,
Vamos todos festejar,
Com frutos saborosos,
E canções entoar.

Num saquinho bem bonito,
Os frutos vamos guardar,
Para casa vamos levar,
E em família saborear.

A tradição do Pão - por - Deus na nossa terra


Um pouco por toda a nossa ilha, no dia 1 de Novembro, é festejado o Dia - do - por Deus.
Este dia feriado é Dia Santo, é o dia de Todos os Santos e é também conhecido na nossa ilha como o Dia do Pão - por - Deus.
Antigamente era costume, neste dia, dar pão ou bolo aos pobres, por alma dos defuntos (pessoas que já falecerem).
Com o passar dos anos esse costume alterou-se. Passou-se a dar às crianças frutos e doces para estas saborearem em família.
Actualmente as crianças, com a ajuda dos seus familiares, preparam um saquinho de tecido – o saquinho do Pão - por - Deus – onde colocam os frutos e goluseimas.

É tradição ainda comerem-se castanhas, nozes e figos.
Também é tradição aqui na Madeira fazer-se neste dia uma visita aos cemitérios em homenagem às pessoas que já partiram.

O Pão - por - Deus na nossa escola



Na sexta – feira dia 30 de Outubro festejámos o Pão - por - Deus na nossa escola.
Na quinta – feira levámos frutos para a escola para o lanche convívio.
Na sexta-feira pelas 10h 30m reunimo-nos na cantina da nossa escola para o lanche do Pão - por - Deus.
Todas as turmas apresentaram quadras alusivas ao Pão - por - Deus e cantámos uma canção do Pão - por - Deus.
Depois saboreámos o lanche do Pão - por - Deus e de seguida fomos para o recreio.
À tarde a nossa professora deu-nos um frasco de doce de abóbora confeccionado pela nossa professora de Inglês.
Também recebemos alguns doces e frutos da época para colocarmos no nosso saquinho do Pão - por - Deus e levarmos para casa para saborearmos com a nossa família.


Texto colectivo dos alunos do 2º Ano de Escolaridade

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Os nossos sentidos


Na Segunda-feira tivémos a nossa aula de Informática curricular.

Neste dia visualizámos um powerpoint sobre os nossos sentidos.

Foi uma aula muito interessante porque aprendemos coisas novas sobre os cinco sentidos que temos: a visão, a audição, o olfacto, o tacto e o gosto.

Na nossa sala de aula continuámos a trabalhar este tema para consolidarmos bem os conteúdos em estudo.

Como o dia do Magalhães é na Segunda-feira a nossa professora sugeriu-nos que construíssemos um powerpoint sobre os Meses do Ano.

No início da actividade sentimos algumas dificuldades mas depois conseguimos concluir a actividade proposta.

O Pão por Deus



Esta semana andamos na nossa escola a preparar o Pão por Deus.

Na nossa terra é tradição as crianças e os adultos celebrarem o Pão por Deus com a partilha de alguns frutos da época.

Na nossa escola vamos comemorar esta festividade com um lanche convívio a realizar-se na sexta-feira no turno da manhã.

Nós trouxemos das nossas casas frutos da época: maçãs, romãs, nozes, figos, castanhas e mangos para partilharmos com os nossos colegas.

Construímos, com a ajuda da nossa professora, duas quadras para declamarmos na sexta-feira durante o lanche.

Após o lanche receberemos alguns frutos, que colocaremos num saquinho de tecido, para levarmos para casa para saborearmos com a nossa família.

A Roda dos Alimentos


A Roda dos Alimentos é uma representação gráfica, em forma de círculo, que se divide em segmentos de diferentes tamanhos desigandos por Grupos e que reúnem alimentos com propriedades nutricionais semelhantes.
A Roda dos Alimentos foi criada em 1977 e desde a sua criação foi sofrendo algumas modificações.
Assim, a “nova Roda dos Alimentos” é constituída por 7 grupos diferentes:

•Cereais e derivados, tubérculos – 28%
•Hortícolas – 23%
•Fruta – 20%
•Lacticínios – 18%
• Carnes, pescado e ovos – 5%
• Leguminosas – 4%
• Gorduras e óleos – 2%
A água é apresentada no centro da roda, por ser a base da vida e da constituição dos alimentos. De forma a seguirmos uma alimentação saudável, completa, equilibrada e variada devemos guiar-nos pela Roda dos Alimentos.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

A Reserva Natural das Ilhas Desertas

A nossa Ilha

Aos Pequenos Sonhadores

Gaula, 15 de Outubro de 2009


Olá Pequenos Sonhadores!
Como estão?
Nós estamos bem e estamos a escrever-vos para vos dar a conhecer a nossa ilha.
A nossa ilha chama-se Madeira, fica localizada no meio do Oceano Atlântico e é conhecida em todo o Mundo como a “Pérola do Atlântico”.
É uma ilha muito bonita, tem paisagens maravilhosas, comidas saborosas e pessoas simpáticas.
Da nossa ilha podemos ver as Ilhas Desertas que não são habitadas pelo homem. Estas ilhas são Reservas Naturais e é lá que são protegidos os Lobos-marinhos - uma espécie em vias de extinção.
Esperamos que gostem das imagens que recolhemos para vos dar a conhecer a nossa terra.

Recebam um grande beijinho dos ecoaprendizes da Madeira

terça-feira, 13 de outubro de 2009

O Outono


Começou o Outono!
Os meninos regressam à escola,
Levam livros e cadernos na sacola.

Árvores sem folhas,
Formam tapetes pelo chão,
E as andorinhas em bando,
Para bem longe voarão.

Os coelhos saltitam,
Dos caçadores fogem,
E os passarinhos aflitos,
Nos seus ninhos se recolhem.

A folha Voadora

A Folha Voadora
Era uma vez uma folha que vivia numa árvore.
Um dia a folha ficou amarela, veio o vento e levou-a.
A folha viajou pelo campo fora e foi parar no pátio da escola da Joana.
A Joana viu a folha, agarrou-a e levou-a para a sala de aula.
Na sala de aula a Joana fez um lindo trabalho com a folha.
O trabalho ficou tão bonito e a Joana recebeu um prémio.
Texto colectivo dos alunos do 2º Ano

Olá amiguinhos Pequenos Sonhadores



Olá amiguinhos Pequenos Sonhadores


Como estão?

A nossa professora falou-nos sobre voçês e nós estamos anciosos para vos conhecer.
Ontem, na aula de Informática visitámos o vosso Blog e gostámos muito.
Na nossa aula de Português escrevemos uma história que vos daremos a conhecer mais tarde.
Nós estamos a preparar-vos uma pequena surpresa. Aguardem pacientemente.

Recebam um grande beijinho dos alunos e professora da turma Ecoaprendizes - 2º Ano da EB1/PE Dr. Clemente Tavares - Gaula

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

O Magalhães na sala de aula




Na quarta - feira, dia 7 de Outubro, trouxemos o Magalhães para a sala de aula.

A nossa professora começou a aula por dar algumas informações sobre as actividades que iríamos fazer com o Magalhães.

Começámos por criar uma "pasta" e depois escrevemos um texto livre sobre: "O Outono" e depois lemos os nossos textos.

De seguida constuímos um texto colectivo intitulado: " No Outono" .

Nós gostámos desta actividade porque foi uma maneira diferente e divertida de trabalharmos a Língua Portuguesa na sala de aula.

Texto colectivo - Alunos 2º Ano

É Outono!



É Outono!

As folhas caem das árvores.

É Outono!

Começaram as primeiras chuvas.

É Outono!

Os meninos regressaram à escola.

É Outono!

Os coelhos escondem-se dos caçadores.

É Outono!

As andorinhas partem à procura de calor.

É Outono!

Os passarinhos ficam nos seus ninhos por causa da chuva e do vento.

É Outono!

As pessoas vestem roupas mais quentes porque faz frio.

É Outono!

Os dias ficam mais pequenos e as noites ficam maiores.


É Outono!


Seja Bem - Vindo Senhor Outono!


No Outono ...


No Outono começam as aulas.
No Outono comemos castanhas, nozes e romãs.
No Outono gostamos de colher folhas secas.
No Outono caem as folhas das árvores.
No Outono começam as primeiras chuvas e o tempo arrefece.
No Outono os dias ficam mais pequenos e as noites ficam maiores.
No Outono as andorinhas partem à procura de calor.
No Outono nós vestimos roupas mais quentes.
No Outono o vento sopra forte e leva as folhas pelo ar.
No Outono as árvores ficam despidas e a Natureza muda de cor.

Texto Colectivo - Alunos do 2º Ano

terça-feira, 6 de outubro de 2009

O Outono Chegou!



recados destaques


Olá!

Hoje começámos a falar do Outono.
Em grupo identificámos as principais características desta estação e depois partilhámos as nossas ideias com o grande grupo - Turma.
Após a partilha organizámos as ideias e registámos no quadro, no nosso caderno diário e depois ilustrámos o nosso texto.
A nossa professora ficou muito contente por sermos capazes de descrever esta estação com muitas ideias.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

5 de Outubro - Dia do Professor

SER PROFESSOR

Ser professor é ser artista,
malabarista,
pintor, escultor, doutor,
musicólogo, psicólogo...
É ser mãe, pai, irmã e avó,
é ser palhaço, estilhaço,
É ser ciência, paciência...
É ser informação,
é ser acção.
É ser bússola, é ser farol.
É ser luz, é ser sol.
Incompreendido?... Muito.
Defendido? Nunca.
O seu filho passou?...
Claro, é um génio.
Não passou?
O professor não ensinou.



Ser professor...
É um vício ou vocação?
É outra coisa...
É ter nas mãos o mundo de
AMANHÃ



AMANHÃ
os alunos vão-se...
e ele, o mestre, de mãos vazias,
fica com o coração partido.
Recebe novas turmas,
novos olhinhos ávidos de
Cultura
e ele, o professor,
vai despejando
com toda a ternura,
o saber, a Orientação
nas cabecinhas novas que
amanhã
luzirão no firmamento da
Pátria.

Fica a saudade...
a Amizade.
O pagamento real?
Só na eternidade.

(autor desconhecido)

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Mais Eco-Escolas

"O auditório da Casa das Mudas, na Calheta, acolheu, ontem, o III Encontro Regional Eco-Escolas da Região Autónoma da Madeira que contou com a presença dos secretários regionais do Ambiente e Recursos Naturais, Manuel António Correia, e da Educação e Cultura, Francisco Fernandes.Na oportunidade, o secretário do Ambiente e dos Recursos Naturais salientou que o objectivo, a breve prazo, é que as 130 escolas que podem obter a bandeira verde, que consigam receber o galardão.
No ano passado, houve 64 escolas e este ano já estão inscritas 87 estabelecimentos de ensino neste programa que pretende encorajar acções e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pela escola, no âmbito da Educação Ambiental e Educação para o Desenvolvimento Sustentável. Este é um número que representa 10 por cento das bandeiras verdes a nível nacional, «o que significa que a Madeira está à frente em matéria de gestão ambiental».
Durante a cerimónia foram entregues os galardões e os certificados Eco-Escolas aos estabelecimentos de ensino que no ano passado conseguiram a bandeira verde. Câmara de Lobos continua a liderar o número de bandeiras verdes por concelho.
Depois, foram hasteadas as bandeiras verdes das Eco-Escolas do Município da Calheta. "
Fonte: Jornal da Madeira - Edição On Line

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

III Encontro Regional de Eco - Escolas


O III Encontro Eco-Escolas da Região Autónoma da Madeira realiza-se na próxima sexta-feira, dia 02 de Outubro, a partir das 09:30 horas, no Auditório da Casa das Mudas, na Calheta. O Eco-Escolas é um programa que pretende encorajar acções e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pela escola, no âmbito da Educação Ambiental/Educação para o Desenvolvimento Sustentável.
Nesta iniciativa, promovida pela Câmara Municipal da Calheta, vai efectuar-se, na presença dos Secretários Regionais de Educação e Cultura, Francisco Fernandes, e do Ambiente e Recursos Naturais, Manuel António Correia, a entrega dos galardões e dos certificados Eco-Escolas aos estabelecimentos de ensino.
Pelas 11H00, realiza-se uma cerimónia simbólica do hastear das Bandeiras Verdes das Eco-Escolas do Município da Calheta.


Fonte: Site Oficial da Secretaria Regional de Educação da Madeira

Dia Mundial do Idoso


1 de Outubro - Dia Mundial do Idoso


A Assembleia Geral das Nações Unidas em 1990 designou o dia 1 de Outubro como Dia Internacional do Idoso, a esta iniciativa não foi alheio o continuado processo de transição demográfica verificada na última metade do século XX, com o decréscimo simultâneo das taxas de mortalidade e de natalidade, sustentando o fenómeno de um envelhecimento populacional mundial.